Sporting de serviços mínimos vence Moreirense

Valeu pela primeira parte, onde o Sporting com facilidade chegou ao 2-0 (golos de Nani aos 3 e Bruno Fernandes aos 34), todavia com a bola no seguimento de uma suposta grande penalidade sobre Bas Dost, o Moreirense reduziu (Heriberto, 34)e a história do jogo disputado mudaria mesmo na segunda parte. Aí o Sporting teve algumas dificuldades no controlo, pautando-se Mathieu como o homem do jogo. Também há que ressalvar as unidades menos da equipa: Bas Dost (com uma crise de confiança), Nani (apesar do golo, esteve muito pouco no jogo), Gudelj (ineficaz tanto na recuperação como na construção) e Diaby (desastrado). Valeu ao Sporting um grande Bruno Fernandes e um superior Jérémy Mathieu, Acuña também subiu muito de produção na segunda parte. O Sporting, esse foi obrigado a correr.

Destaque no Moreirense para as exibições de Chiquinho e Heriberto, além da forma como se exibe em campo: personalizada e consciente do que tem a fazer em cada momento do jogo, não fossem os de Moreira de Cónegos uma das revelações da temporada, é uma equipa equilibrada, sabendo atacar tão bem que lhe custa menos os golos que sofre…

O Sporting segue no quarto lugar, com 38 pontos, a oito do líder, o FC Porto,três do Benfica e dois do Sporting de Braga. O Moreirense está no sétimo posto, com 28 pontos, tantos quantos o Vitória de Guimarães (6.º) e menos um que a SAD do Belenenses (5.º).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *