Sporting elimina Arsenal

Publicado: Sábado, 18 de Março de 2023

O Sporting deslocou-se a Londres, onde tinha como missão tentar vencer o líder da Premier League para chegar á próxima fase da Liga Europa.

O jogo até começou a correr de feição á equipa leonina, com uma entrada forte e personalizada, sem dar espaços aos jogadores do Arsenal, mas a qualidade da equipa londrina veio ao de cima e adiantaram-se no marcador por Xhaka, que conseguiu marcar ao homem do jogo Ádan, que fez uma exibição monstruosa.

O guarda-redes espanhol mostrou-se a um nível muito alto, o que deu confiança á equipa para tentar a reviravolta e arrancar para uma grande segunda parte de muito bom nível ao qual só se sobrepõe o monumental golo de Pote, que igualou a partida através de um chapéu a Ramsdale.

Os jogadores leoninos parecem querer disputar o prémio Puskás entre eles, fazendo golos assombrosos e com enorme qualidade, para já, valem os dois golos, de Nuno Santos e Pote, que têm a porta escancarada para a votação de golo da época.

A segunda parte foi dominada pelo Sporting, que teve um esteio defensivo muito forte e concentrado, que não permitiu nenhuma oportunidade ao Arsenal e que teve tudo para ser feliz através de uma grande oportunidade desperdiçada por Marcus Edwards.

O jogo chegou ao final com um empate a uma bola e seguiu-se o prolongamento, onde o jogo se tornou mais equilibrado, embora na segunda parte do prolongamento o Sporting tenha passado por algumas dificuldades, onde teve que saber sofrer e aguentar o resultado até á lotaria das grandes penalidades.

Na roleta russa como se costuma dizer, o Sporting foi mais competente e conseguiu uma passagem histórica para os quartos de final da Liga Europa.

 

Edição: Fábio Gomes

Foto: Sporting Clube de Portugal

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *