Na Liga onde não há previsibilidade. Os passos parecem distintos, mas há otimismo após a primeira jornada do trio

Benfica e Sporting terão desafios, mas começaram bem; Portistas confirmam a ideia de franco-atiradores na competição

Mesmo com a derrota, o azul e branco tem totais condições de fazer frente ao Atlético, de Cholo Simeone. Brugge venceu o Leverkusen e pode ser a zebra do grupo? Não há dúvidas que sim. Mas o jogo em Madrid apontou os favoritos e o Porto de Sergio Conceição deve ainda a se considerar, e o porquê foi claro. Jogo tenso, e disputado, com 3 golos apenas no fim, atuações de destaque para os defesas. Lembrando que há o jogo de volta, em Portugal.
Além dos adversários que parecem mais modestos que os de seus rivais.

Os encarnados por si só enfrentarão o que parece um pesadelo, mas pelo que vem jogando a equipa de Roger Schmidt, os benfiquistas podem se animar, ao menos trabalho darão para os favoritos PSG, do trio Messi, Mbappé e Neymar, e a Juventus de Allegri. Não tomando conhecimento do Maccabi Haifa, o Benfica decidiu e está pronto para figurar entre os primeiros, após vencer os israelenses por 2×0.

Os leões de Rúben Amorim aparentemente são a grata surpresa da primeira jornada. Apenas em décimo nas primeiras semanas do Campeonato Português, com duas derrotas, e um empate, os sportinguistas terão pela frente os favoritos ingleses dos Spurs, de Conte. Porém, mostraram força diante dos alemães do Eintracht Frankfurt, campeões da última Europa League. 3×0 fora de casa, com um show a parte do inglês Edwards, em uma noite onde tudo funcionou, de Porro a Trincão.

Existe um mundo não muito distante, onde os três clubes possam ir para os oitavos-de-final, cada um com seu desafio específico. Seu estilo.

Edição: Vinícius Azevedo
Fotos: Football Dream
Última actualização: 9 de Setembro de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *