bsDSC_1909

Superioridade encarnada em derbi bem aceso

Empate a um golo no derby lisboeta. O Sporting perde a liderança mas a verdade é que tem de sair satisfeito do Estádio da Luz. Em jogo controverso em que as águias reclamam um presumível fora de jogo de Acuña no golo do Sporting e uma mão de Coentrão num lance em que a bola lhe bate violentamente na cara, o Benfica foi muito superior, tendo tido praticamente quase toda a iniciativa de jogo, sobretudo na segunda parte. Contudo seria Battaglia, o elo mais fraco do conjunto leonino, a oferecer o empate ao Benfica ao fazer penalti por mão ao minuto 88. Ao que Jonas não perdoou, fazendo o empate. Restabelecendo assim a igualdade, gorada na primeira parte, com um grande golo de Gelson.

A polémica, porém, estava reservada após o apito do árbitro. Rui Vitória, sempre a favor da defesa dos árbitros nas polémicas com treinadores, a praticamente coagir membros da equipa de arbitragem dizendo que “estará atento a arbitragens futuras”, Jesus, defendendo-se pessimamente ao dizer que “Rui Patrício não fez qualquer defesa” em todo o encontro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *