Sporting vence Setúbal e afasta fantasmas

Depois de uma semana complicada em que o narcisismo patológico do ex-presidente voltou a fazer das suas e deliberadamente desestabilizar a equipa, o Sporting venceu hoje o Vitória de Setúbal, por 2-1. Num jogo em que o onze inicial teve apenas uma alteração – Misic por Petrovic – em relação ao jogo anterior com o Moreirense. 
Os leões entraram bem na partida e Nani marcou, ele que foi o homem do jogo, marcou logo aos nove minutos, todavia Zequinha empataria após falha de Salin. 
A equipa acusou o toque, o que tornou visíveis os limites da força anímica, contudo com muito crer e sem se desorientar demasiado os leões eram superiores e bem tentavam chegar ao golo, problema o nervosismo e algumas exibições pálidas de Bruno Fernandes e Bas Dost, que saiu lesionado ao intervalo. Mas ainda assim duas bolas bateram nos ferros, e depois da segunda, através de um livre de Nani, viria o golo. Não sem antes e mais uma vez entrar Jovane Cabral,  que mais uma vez foi o bónus para o jackpot, fazendo a assistência para o golo da vitória do regressado e capitão Nani. Jovane é já mesmo um caso sério a prometer uma grande carreira. Um achado, o jovem jogador de Cabo Verde. 
O Sporting soma então duas vitórias antes da visita ao Estádio da Luz o próximo sábado para defrontar o Benfica. 
Pedro Nogueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *